Peru e Argentina abrem calendário 2018 do surfe profissional na América do Sul

Thiago Camarão é o atual campeão sul-americano. Foto Maximiliano Martinucci

Já estão abertas as inscrições para as primeiras etapas da WSL South America em 2018, valendo pontos para o ranking mundial do WSL Qualifying Series e para o regional que define os campeões sul-americanos da temporada. Serão dois eventos combinados com as categorias masculina e feminina, marcadas para o mês de março no Peru e na Argentina e as inscrições podem ser efetuadas no sistema on-line pelo site www.wslsouthamerica.com

O calendário 2018 da WSL South America vai começar com a estreia da Copa Triathlon Reef Pro no Circuito Mundial, uma etapa do QS 1000 em San Bartolo nos dias 10 e 11. E o outro evento já confirmado é o tradicional Rip Curl Pro Argentina, promovendo uma prova masculina do QS 1500 e uma feminina do QS 1000, entre os dias 27 de março e 1º de abril na Playa Grande de Mar del Plata.

Roberto Perdigão. Foto Maximiliano Martinucci

Após a perna australiana do QS, a WSL South America inicia a sua programação de eventos de 2018 com um QS 1000 combinado (homens e mulheres) no início de março em San Bartolo, no Peru, em seguida teremos o Rip Curl Pro Argentina na Semana Santa”, confirma o diretor regional da WSL South America, Roberto Perdigão. “A WSL South America segue trabalhando no sentido de confirmar um novo QS 1500 combinado em Iquique no Chile, para a semana anterior ao Maui and Sons Arica Pro em El Gringo, programado para os dias 29 de maio a 03 de junho, mantendo o status de QS 3000. Outros campeonatos também estão relacionados no nosso calendário para o primeiro semestre de 2018, porém ainda não estão 100% confirmados e achamos melhor aguardar o momento mais adequado para anunciá-los”.

No ano passado, a WSL South America promoveu cinco etapas válidas pelo WSL Qualifying Series masculino e cinco femininas na América do Sul. O paulista Thiago Camarão largou na frente com vitória no Rip Curl Pro Argentina em Mar del Plata e liderou o ranking durante todo o ano, até confirmar o título de campeão sul-americano de 2017 no Hang Loose São Sebastião Pro na Praia de Maresias, São Sebastião, onde ele mora no litoral norte de São Paulo.

Anali Gomez. Foto Mauricio Espinoza.

Foi também em casa que a peruana Anali Gomez garantiu um inédito tricampeonato sul-americano e justamente em San Bartolo, que no ano passado fechou o calendário feminino e agora vai sediar a primeira etapa, a Copa Triathlon Reef Pro nos dias 10 e 11 de março. As meninas também tiveram cinco provas para competir em 2017 como os homens, sendo duas no Peru, uma na Argentina, uma no Chile e uma no Brasil.

Acesse as atualizações das etapas da WSL South America a cada confirmação clicando em “Eventos” no site do escritório regional da World Surf League – www.wslsouthamerica.com – e as inscrições para as duas primeiras etapas confirmadas já estão abertas e podem ser feitas pelo sistema on-line na capa da página.

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!