Brasil segue Top 10 em duas classes na etapa de Miami

Brasil teve mais uma dia irregular em Miami. Foto Richard Langdon/SailingEnergy

Os brasileiros tiveram mais um dia irregular nesta terça-feira, na etapa de Miami da Copa do Mundo de Vela. Com ventos de 8 a 12 nós, as classes Finn, Laser Radial, RS:X masculino e feminino fizeram suas primeiras regatas. O Brasil segue como Top 10 com a oitava colocação na Nacra 17, com Samuel Albrecht e Bruna Martinelli, e na classe Finn, com Jorge Zarif.

Mas o melhor desempenho entre os brasileiros foi obtido na classe 470 pela dupla formada por Geison Mendes e Gustavo Theisen, que agora aparecem na 13ª colocação, após um começo ruim no primeiro dia. A dupla gaúcha fez um 4º e 8º nas duas provas do dia, e subiu 15 posições, descartando o 29º lugar da estreia.

Tom Burton assumiu liderança na Laser. Foto Jesus Renedo/Sailing Energy

Ainda na 470 masculino, Henrique Haddad e Felipe Brito estão em 28º lugar, enquanto Ricardo Paranhos e André Kneipp estão em 33º e Pedro Correa e Rodolfo Streibel, em 34º lugar. Na 470 feminino, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan caíram da sexta para a 13ª colocação, após duas regatas (16º e 11º).

Na Nacra 17, Samuel Albrecht e Bruna Martinelli disputaram mais três regatas e caíram para a oitava colocação, após um 8º, 16º e 14º lugares. Na Laser, Bruno Fontes teve mais um dia ruim (39º e 55º) e agora é o 32º lugar. O australiano Tom Burton assumiu a liderança. A classe Finn foi para a água e disputou três regatas. O brasileiro Jorge Zarif finalizou em 7º, 6º e 11º e está em oitavo lugar.

Miami emoldura disputas da Copa do Mundo de Vela. Foto Jesus Renedo/Sailing Energy

A Copa do Mundo de Vela, etapa de Miami, prossegue nesta quarta-feira (25) com regatas a partir das 11h (horário local). Mais informações acesse AQUI

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!