Tyler Wright é bicampeã mundial de surfe profissional feminino

Tyler Wright é bicampeã mundial de surfe feminino. Foto Cestari/WSL

A australiana Tyler Wright, 23 anos, conquistou seu segundo título mundial nesta quinta-feira após um longo dia de competição que definiu as semifinalistas do Maui Women’s Pro, a última etapa do circuito mundial de surfe feminino da World Surf League. O título veio após superar a wildcard havaiana Brisa Henessy, em baterias pelas quartas de final.

Honolua Bay ofereceu altas ondas, de 5 a 7 pés, e à medida que a maré subia durante a manhã, as condições ficavam ainda melhores para as surfistas. “Hoje foi perfeito“, disse Wright. “Eu estava motivada para estar neste evento e ansiosa para conquistar o título. Mal posso explicar o quanto essa semana significou para mim“, disse.

Tyler Wright é treinada por Glen Hall, o Micro, faz dois anos. Foto Damien Poullenot/WSL.

Bicampeã mundial, Wright entrou no evento comno defensora do título da etapa, mas na segunda posição do ranking, atrás de Sally Fitzgibbons. Na última temporada, a jovem australiana havia conquistado cinco títulos (Gold Coast, Margaret River, Rio de Janeiro, Lower Trestles, Maui). Neste ano, Wright venceu o Oi Rio Pro e sofreu uma lesão no evento de Cascais, Portugal, mas depois voltou a surfar na França e subiu no ranking para a segunda colocação, voltando a disputar o título mundial.

Este ano tivem muitos desafios. Foi uma época para aprender e crescer, pois tirei muito mais do que a lesão no joelho. Neste ano eu poderia ter desistido muitas vezes, mas escolhi não desistir. Eu não estaria aqui se não fosse pela minha equipe. Eles me trouxeram de Portugal e o trabalho que fizeram na França foi absolutamente incrível. É difícil explicar o quanto eles trabalharam para que eu estivesse no lugar certo para competir e ganhar o troféu em Maui no final“.

Stephanie Gilmore arrancou 9,50 dos juízes na bateria contra Silvana Lima. Foto Damien Poullenot/WSL

Com as eliminações das principais concorrentes ao título mundial, Sally Fitzgibbons e Courtney Conlogue, o último obstáculo de Wright para conquistar o título foi a wildcard havaiana Brisa Hennessy. A jovem havaiana não conseguiu encontrar seu ritmo na bateria e Wright venceu com 16.10 pontos. “Eu decidi em 2015 que eu iria ganhar um evento a cada ano e eu quero ser verdadeira para isso. Trabalhar com Glenn [Hall] nos últimos dois anos tem sido incrível. Nós temos esse longo plano, e eu pretendo cumpri-lo. Back-to-back é apenas um verdadeiro testemunho de sua dedicação e do trabalho que ele coloca sem parar. É preciso uma equipe para fazer isso, então eu quero agradecer a ele e a todos os que me levaram a esse ponto da vida. É um prazer estar aqui. Obrigado“.

Silvana Lima surfou muito para passar por Lakey Peterson no Round 4. Foto Poullenot/WSL

A brasileira Silvana Lima começou o dia vencendo a americana Lakey Peterson, mas acabou barrada em mais um duelo com a australiana Stephanie Gilmore, que até aquele momento, ainda estava na disputa pelo título mundial. Com uma onda que arrancou 9,50 dos juízes, a australiana colocou a brasileira em combinação e Silvana só conseguiu reagir nos minutos finais, mas ficou precisando de 8,31 para virar. Apesar da quinta colocação, a brasileira deve terminar a temporada na 12ª colocação no ranking. Qualificada pela segunda colocação no ranking do WQS, Silvana estará mais um ano na elite do surfe mundial em 2018.

Nova chamada será feita a partir das 15h, horário de Brasília, para finalização do evento e da temporada 2017. Mais informações ou para assistir ao vivo acesse www.worldsurfleague.com .

A festa para Tyler após a vitória sobre Brisa Henessy nas quartas. Foto Cestari/WSL.

MAUI WOMEN’S PRO
SEMFINAIS FORMADAS

H1- Stephanie Gilmore AUS x Tyler Wright AUS
H2- Malia Manuel HAW x Bronte Macaulay AUS

QUARTAS DE FINAL
H1- Stephanie Gilmore 17.57 a 14.20 Silvana Lima BRA
H2- Tyler Wright AUS 16.10 a 9.40 Brisa Hennessy HAW
H3- Malia Manuel HAW 16.67 a 10.63 Nikki Van Dijk AUS
H4- Bronte Macaulay AUS 9.66 a 8.94 Carissa Moore HAW

ROUND 4
H1- Silvana Lima BRA 13.00 a 12.67 Lakey Peterson EUA
H2- Brisa Hennessy HAW 15.83 a 9,34 Coco Ho HAW
H3- Nikki Van Dijk AUS 13.94 a 11.53 Courtney Conlogue EUA
H4- Carissa Moore HAW 15.90 a 4.00 Tatiana Weston-Webb HAW

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!