1º Prêmio Surfe Catarinense será entregue no Surfestival, no P-12, em Floripa

1º Prêmio do Surfe Catarinense será entregue neste sábado.

Quem foram os principais surfistas da história do surfe catarinense? Qual o evento que ficou marcado na memória? Qual a marca mais identificada com o surfe? E qual a surf shop que fez parte da sua vida? As respostas estão no 1º Prêmio do Surfe Catarinense, que será entregue no Surfestival, festa de confraternização que abre a temporada de verão no próximo dia 2 de dezembro, no palco do P-12, em Jurerê Internacional, Florianópolis.

Idealizado pelo surfe repórter Maurio Borges (Nas Ondas da Pan e S365), o 1º Prêmio do Surfe Catarinense surgiu de uma pesquisa com personagens históricos do surfe catarinense, entre surfistas, juízes, dirigentes, shapers, empresários e jornalistas. ”A pesquisa foi enviada para 200 pessoas, que hoje estão em diversas partes do mundo, mas que foram importantes para a evolução do surfe catarinense em algum momento. Recebi 186 votos e é possível perceber alguns nomes que realmente entraram para história após 50 anos de surfe em Santa Catarina”, relata Maurio Borges.

Neco, David e Teco foram os mais votados na categoria perfomance. Foto Arquivo Pessoal David Husadel

Os nomes abrangeram o surfe catarinense das mais diversas épocas e contextos. Ícones do surfe competição, como os irmãos Teco e Neco Padaratz, David Husadel e Roni Ronaldo, assim como surfistas da atualidade, como Alejo Muniz e Willian Cardoso, mandaram seus votos e também foram votados. As participações de pioneiros como Saulo Lyra, Cachito Douat e Zeno Brito, e de integrantes do quadro da World Surf League, como Ícaro Cavalheiro, Luli Pereira e Renato Hickel, na pesquisa revelam o peso do Estado na evolução da modalidade.

Waimea Surf Shop marcou época na década de 80. Foto Arquivo Pessoal Fernando Mansur

O 1º Prêmio do Surfe Catarinense foi dividido em seis categorias: surf shop, marcas, shaper, evento memorável, pioneiros e performance. Os três mais votados de cada categoria serão homenageados a partir das 17h, no palco do P-12. O Surfestival tem ainda o lançamento da nova edição do guia Surfe no Brasil, exposição de fotos e o sorteio de cinco pranchas réplicas. Globo Renault apresenta Surfestival – 1º Prêmio Catarinense de Surfe, com apoio de SRS, Jovem Pan, Nas Ondas da Pan, P12. Realização: S365. Divulgação: Notícias do Mar.

Avelino Bastos foi o shaper mais lembrado. Foto Arquivo Perssoal.

1º PRÊMIO DO SURFE CATARINENSE – 2017
Categoria Surf Shop
Sul Nativo – Pedro Raimundo
Waymea – Fernando Mansur
De Tudo Um Pouco – Robertinho Polly

Categoria Marcas
Mormaii – Marco Aurélio Raymundo – Morongo
Oceano – Afonso Eggert
Tropical Brasil – Avelino Bastos

Categoria Shaper
Avelino Bastos – Tropical Brasil
João Schillickman – Schillickman
Igor Havenga – Havenga

Categoria Eventos Memoráveis
Hang Loose Pro Contest 86 – Alfio Lagnado
Op Pro 85 – Flávio Boabaid
WCT 2003 – Xandi Fontes

Categoria Especial – Pioneiros
Paulo Sefton – Sul
Cachito Douat – Norte
Zeno Brito – Florianópolis

Categoria Performance
Teco Padaratz
David Husadel
Neco Padaratz

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!