Derek Matos é o primeiro campeão do Rip Curl Guarujá Open – Vídeo

Derek Matos é o primeiro campeão do Rip Curl Guarujá Open 2017. Foto Silvia Winik

A família Matos, uma das mais tradicionais do surfe nacional, tem mais um título em sua história. Derek Matos, filho de Amaro é o primeiro campeão do Rip Curl Guarujá Open de Surf 2017. Ele garantiu o título da categoria Iniciante (sub14), por antecipação, ao avançar para a semifinal na terceira e última etapa do circuito, que está sendo disputada e segue até domingo na Praia do Tombo.

Vencedor das duas etapas iniciais, Derek comemorou com o pai, que também pode ser campeão no campeonato, na categoria longboard. “É muito legal seguir a tradição da família no surf. Muita gente me pergunta se é mais difícil por ser filho do Amaro, sobrinho do Neno e do Paulo, mas eu encaro numa boa. Fiquei feliz em ser campeão aqui no Tombo”, falou o surfista de 14 anos, também citando seus tios Neno e Paulo (o primeiro campeão brasileiro de surfe profissional).

Derek Matos honrou nome da família. Foto Silvia Winik

A competição começou sexta-feira, com boas ondas, praia lotada, pelo feriadão e 175 surfistas, divididos em 10 categorias. Um dos destaques foi a participação de Luiz Diniz, o Bolinha, novo campeão mundial de Sup Surf, pela International Surfing Association (ISA). Em sua bateria, garantiu os recordes do dia, com nota 9, para somar 17,10 pontos, de 20 possíveis.

Outra grande atuação foi no longboard, com Carlos Bahia, de São Sebastião, novo campeão brasileiro profissional da categoria, com 15,5 pontos. Quem também está prestigiando o evento é Leco Salazar, campeão mundial de Sup Surf e atual campeão nacional da modalidade. Além de sua categoria, ele também busca a vitória nos pranchões, lembrando que na etapa passada, ele fez “dobradinha” nessas disputas.

Carlos Bahia está em grande forma. Foto Silvia Winik

Voltando às disputas pelos títulos, outras três categorias ficaram muito perto de conhecer os campeões. Na Mirim (sub16), Pedro Pupo, o líder, foi derrotado, ficando em sétimo lugar e agora assiste da areia a final, que terá o atual campeão e companheiro de treino, Luan Hanada, com chances de garantir o bicampeonato. Na Petit (sub10), Daniel Duarte está na final e próximo do título. Na Estreante (sub12), Everton Freitas e Cauê Santiago competem para definir o número 1 de 2017.

Neste sábado, a competição recomeça às 8 horas e uma das grandes atrações será a disputa feminina. Juliana Meneguel, vencedora das duas etapas iniciais, é a favorita. Outro destaque será a participação de Sophia Medina, de São Sebastião, irmã caçula de Gabriel Medina. O dia promete ser de comemorações. Além das meninas, os atletas da petit e da estreante disputam as finais para definir os novos campeões.

Daniel Duarte é destaque da categoria Petit. Foto Silvia Winik

Também podem ser conhecidos os donos dos títulos da Sup Surf e longboard, bem como da júnior. Já no domingo, as atenções estarão voltadas para a disputa do supercampeão, uma disputa especial, garantindo o melhor do Circuito uma viagem para a Indonésia, oferecida pela Ocean Travel.

O Rip Curl Guarujá Open 2017 é apresentado pela ASG. Patrocínio: Sucos Do Bem. Apoios: Prefeitura Municipal de Guarujá, através da Secretaria de Esportes e Lazer, Imobiliária Re/Max Beach Home Leads, Cowork & Surf, NaJaca Comunicação, Lio Nutri, Faup Comunicação Visual, Ocean Travel, Millenium, Rip Wave, CFour Shaper Supply, Le Moss Essence, Fu Wax, CT de Surf Lugar ao Sol, Colégio Don Domênico, Cross Fit Guarujá, Subway e Restaurante Saborear Pitangueiras. Supervisão: Federação Paulista de Surf. Divulgação FMA Notícias e Revista Hardcore.

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!