WSL anuncia nova CEO: Sophie Goldschmidt, ex-Adidas, NBA e WTA

Sophie Goldschmidt é a nova CEO da WSL. Foto WSL/Divulgação

A World Surf League (WSL) anunciou hoje a nomeação de Sophie Goldschmidt como nova CEO da organização. Goldschmidt assume oficialmente em agosto, ao cargo que era ocupado interinamente por Dirk Ziff. Membro do Conselho da WSL, Ziff declarou: “Foi um privilégio servir como CEO interino da World Surf League durante um momento tão emocionante e de transformação. Sempre foi minha missão entregar as rédeas da entidade para um líder que nos levará para o próximo nível. Sophie é exatamente o que a WSL precisa. Sua experiência, liderança forte e estilo de gerenciamento vencedor e inclusivo elevarão ainda mais a Liga e aumentarão o engajamento entre os fãs de todo o mundo“, declarou.

Nascida em Londres, Sophie Goldschmidt estava na CSM Sport and Entertainment, onde atuava como diretora gerente e desenvolveu novas iniciativas comerciais em todas as operações da empresa, além de gerenciar o desenvolvimento e a comercialização das marcas do grupo. Apaixonada pelo surfe, ela tem fortes relacionamentos e experiência internacional trabalhando em mercados globais, tanto na gestão esportiva, quanto no marketing e nas comunicações, tendo desempenhado cargos executivos na Rugby Football Union, na Associação Nacional de Basquete (NBA), na Women’s Tennis Association (WTA) e na Adidas. Por curiosidade, ela tem a tenista russa Maria Sharapova como uma de suas melhores amigas e foi responsável pela indicação da tenista para um estágio no escritório da NBA.

É uma honra liderar a WSL. A liga experimentou um tremendo crescimento nos últimos anos e foi pioneira em inovações incríveis para transformar o surfe em um esporte notável, pioneiro digitalmente e de classe mundial que, naturalmente, também transcende tão bem para o lado do estilo de vida“, disse Goldschmidt. “Estou confiante de que o futuro tem um potencial incrível e estou ansioso para levar a WSL para a próxima fase de crescimento“.

Goldschmidt tem experiência para dirigir todos os aspectos do desenvolvimento da Liga. Como chefe comercial e de marketing da Rugby Football Union, Goldschmidt foi responsável por todas as áreas geradoras de receita e programas comerciais do sindicato, além das áreas de comunicação de marketing e digitais. Enquanto esteve na NBA como vice-presidente sênior e diretor-gerente da EMEA, Goldschmidt ajudou a liderar a expansão global da marca da NBA. Antes da NBA, Goldschmidt foi vice-presidente e supervisionou todas as vendas de patrocínio e marketing para a WTA, desempenhando um papel crucial na negociação de um acordo inovador para um patrocinador de título, o maior patrocínio na história do esporte feminino. Ela começou sua carreira na Adidas, onde atuou como diretora de Marketing de tênis e futebol feminino nos EUA.

Andrew Wilson, presidente do Conselho da WSL e CEO da Electronic Arts, também falou sobre a nomeação da Goldschmidt, afirmando que “Sophie é uma ótima escolha para o WSL. Ela não é apenas um líder excepcional, é o ajuste cultural perfeito e trará experiência e originalidade a esse esporte de forma rápida, à medida que cresce seu maior apelo em todo o mundo. Estou ansioso para trabalhar com ela, neste importante momento da nossa história“.

Em seu papel de CEO, a Goldschmidt terá incríveis desafios, como oportunizar que toda uma geração possa evoluir com a Kelly Slater Wave Company e sua tecnologia inovadora, além da inclusão do surf na Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Goldschmidt também destacou o compromisso com os atletas e a experiência dos fãs e a maior globalização como pilares fundamentais para o WSL no futuro.

Comentando o compromisso da Goldschmidt, o Comissário da NBA, Adam Silver, disse que “Sophie é um executiva maravilhosa, com uma incrível experiência e relacionamentos em vários mercados e organizações esportivas. Tendo trabalhado com ela em primeira mão, eu sei que ela será uma grande líder para o WSL e trará inigualável inovação, paixão e visão para o papel“. A nomeação de Goldschmidt marca um importante ponto de inflexão para o esporte do surf e organizações esportivas globais. Com esse papel, ela se torna uma das poucas executivas femininas a liderar uma liga esportiva global para atletas profissionais masculinos e femininos.

Com informações da WSL

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!