CBVela inaugura nova sede e hall da fama na Marina da Glória, no Rio de Janeiro

Torben e Marcelo serão homenageadas pela CBVela. Foto Wander Roberto/C.

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) vai inaugurar sua nova sede nesta quarta-feira, dia 28, às 10h30, na Marina da Glória, com um olho no passado e outro pra frente. A entidade passa oficialmente a ter como casa o local que foi sede das regatas nos Jogos Rio 2016. Para marcar a ocasião, será dado o primeiro passo da criação do Hall da Fama da modalidade no Brasil, com uma homenagem aos bicampeões olímpicos Torben Grael e Marcelo Ferreira e a presença especial dos velejadores que defenderão o país em julho no Mundial de Optimist, a classe de formação para crianças e adolescentes. A cerimônia também terá a assinatura da renovação até 2020 do contrato da CBVela com o Bradesco, patrocinador máster da Confederação desde o último ciclo olímpico.

Torben Grael e Marcelo Ferreira serão os primeiros atletas a botar as mãos nos moldes que vão, no futuro, compor o Hall da Fama da vela brasileira, homenageando os grandes nomes da modalidade. Com cinco pódios, Torben é o maior medalhista olímpico do esporte brasileiro (ao lado de Robert Scheidt, que esta semana disputa a Semana de Kiel, na Alemanha). Em seis participações nos Jogos, foi ouro em Atlanta-1996 e Atenas-2004, na classe Star; prata em Los Angeles-1984, na Soling; e bronze em Seul-1988 e Sydney-2000, novamente na Star. Além disso, o velejador ocupa atualmente o cargo de vice-presidente da Federação Internacional de Vela (World Sailing) e foi o primeiro brasileiro a ingressar no Hall da Fama internacional da modalidade. Marcelo Ferreira foi o grande parceiro de Torben na conquista olímpica de dois ouros e um bronze (Sydney-2000) na classe Star, entre outros títulos.

Além da homenagem, os dois vão transmitir um pouco do seu conhecimento e muito de boas energias para os cinco jovens brasileiros que disputarão o Mundial de Optimist na Tailândia, a partir de 11 de julho. Nicolas Bernal, Marina da Fonte, Bernardo Pereira, Leonardo Crespo e Luiz Otávio Correia receberão dos ídolos uma bandeira do Brasil para a viagem e coletes de competição.

Em uma conquista histórica para a modalidade, a Confederação Brasileira de Vela fechou em dezembro de 2016 um convênio com a BR Marinas, responsável pela administração da Marina da Glória, e agora inaugura no local sua sede e a principa

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!