Morre Jack O’Neill, inventor da roupa de neoprene e ícone do surfe mundial

Jack O’Neill, então com 89 anos, em foto de Michael Macor, para o The Chronicle.

A comunidade o surfe mundial está de luto desde sexta-feira (2) com o falecimento de um verdadeiro ícone do surfe mundial. O norte-americano Jack O’Neill morreu aos 94 anos, de causa naturais, segundo informou a sua família, em comunicado, na sua casa, em frente ao mar em Santa Cruz, na Califórnia. Conhecido pela sua imagem de marca – uma pala no olho esquerdo, que usava desde que teve um acidente surfando em 1971, O’Neill entrou para a história ao inventar a primeira roupa de borracha para o surfe em 1952. Nesse ano inaugurou também em Ocean Beach, São Francisco, uma das primeiras lojas especializadas em equipamentos para a prática de surfe.

Com base na sua experiência enquanto piloto da Marinha dos Estados Unidos, nos anos 40, durante a II Guerra Mundial, O’Neill começou a experimentar vários materiais para que os surfistas, como ele, pudessem proteger o corpo das temperaturas mais frias do Oceano Pacífico e manter-se dentro de água durante mais tempo. Depois de vários ensaios, optou pelo neoprene (que até hoje é a principal matéria-prima das roupas de borracha), usado pela Marinha americana para produzir coletes salva-vidas. Em 1959 abriu a sua segunda loja de surfe em Santa Cruz e juntou ao neoprene um forro interior de nylon, já nos anos 60. Mas foi apenas na década seguinte que apresentou o primeira roupa completa, em 1970.

Acolhido pela comunidade surfista com desconfiança, rapidamente a roupa fez sucesso no mercado, sob o mote publicitário: “É sempre verão aqui dentro”. Para promover o seu produto, O’neill corria todas as feiras e fazia exibições, vestindo os seus filhos com as roupas de neoprene e fazendo-os mergulhar em água gelada. Oriundo do estado norte-americano do Colorado, o próprio O’Neill garantiu que nem os seus amigos mais próximos acreditaram na sua invenção: “Todos eles me disseram: venderá cinco roupas a amigos na praia, e depois irá à falência”, contou.

Pelo contrário, antes dos anos 80, O’Neill já se tinha tornado num dos maiores designers e produtores de roupas de neoprene de surfe e a marca com o seu nome já estava espalhada pela Austrália, Europa, Japão e outros locais do mundo. Dos grande ícones do mundo do surfe, O’Neill era, sem dúvida, o menos falado e comentado, segundo a revista Surfer em seu obituário, citado pelo USA Today. “Não ligo muito aos negócios, mas sim ao oceano”, disse ao jornal The San Francisco Chronicle em 2012. – Veja mais em: https://www.dinheirovivo.pt/lifestyle/galeria/surf-morreu-jack-oneill-inventor-do-fato-de-surf/#sthash.HCdY60Rb.dpuf

One Comment

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!