Rip Curl Grom Search 2017 tem decisão na Praia de Maresias, São Sebastião

Lucas Vicente lidera na Mirim. Foto Basílio Ruy

Após duas etapas de altíssimo nível técnico, o Rip Curl Grom Search 2017 será decidido nos próximos dias 11 e 12 de março, na Praia de Maresias, em São Sebastião (SP). A etapa final promete muita emoção diante da pequena diferença entre os competidores no ranking das quatro categorias após dois eventos realizados. Destaque para os mais velhos da Mirim e da Feminino, com limite de 16 anos. Nessas duas categorias, os campeões gerais garantem as vagas para representar o Brasil no Rip Curl Grom Search International, em algum lugar do planeta no próximo ano. E como prêmios, os dois ganham passagens aéreas e acomodações durante o período das disputas, oferecidas pela Ocean Travel.

No masculino, dois catarinenses chegam na frente, com apenas 90 pontos separando-os no ranking. Lucas Vicente, de Florianópolis, é o líder com uma vitória e um segundo lugar, seguido de perto pelo atual campeão do circuito, Leonardo Barcelos, de Imbituba, somando uma primeira e uma terceira posições. Em terceiro lugar aparece Daniel Templar, de Saquarema, com 1.556, seguido deEduardo Motta, de Guarujá, com 1.458.

Entre as meninas, a disputa é ainda mais acirrada, com empate técnico entre as três primeiras. Anne dos Santos, carioca que atualmente mora na Austrália, e Maju Freitas, também carioca que agora mora em Maresias, têm 1.810 pontos, cada uma com uma vitória e uma terceira posição, enquanto que Carol Bonelli, que é de Saquarema e se mudou recentemente para Maresias, tem 1.800, com dois segundos lugares.

Leo Casal lidera na Iniciantes. Foto Pedro Monteiro.

Já na categoria Iniciante (Sub-14), mais um catarinense na ponta e, apesar de ter vencido as duas etapas, Leo Casal não tem posição cômoda, com o cearense radicado no RJ, Cauã Costa, em sua “cola”. O líder tem 2.000 pontos, o único com 100% de aproveitamento, e o segundo colocado, 1.800. Na Grommet (12 anos para baixo), Roberto Alves, de Santos, é o que aparece em situação mais tranquila, com vitória e um segundo lugar, mas Gabriel de Souza, ubatubense que está morando em Maresias, compete com chances de virar o jogo.

Com certeza, teremos mais uma etapa excelente, digna de um encerramento de um circuito que já é tradição no Brasil e vem reunindo o melhor da nova geração. Além do show de surf garantido, teremos várias atrações na areia, com o Pico Guaraná trazendo o surf mecânico, a distribuição de misturas Guaraná Antarctica, cama elástica, entrega de pipas, tudo para o público. Os atletas também terão a pintura de pranchas com o artista Marcello Macarrão e a festa de confraternização, com pais e técnicos”, destaca o gerente de marketing da Rip Curl, Fernando Gonzalez.

Foto Basílio Ruy

MARESIAS

Vale lembrar que Maresias tem uma forte relação com a Rip Curl e, em especial, com o evento. É nessa praia que moram quatro dos atletas da equipe da marca, Gabriel Medina, o primeiro brasileiro campeão mundial de surf, sua irmã Sophia, e os também irmãos Samuel e Dominik Pupo. Em 2015, Maresias recebeu a final internacional do Rip Curl Grom Search, com surfistas sub16 de dez países e que, inclusive, teve o título conquistado por Samuel Pupo, em grande performance.

RANKING APÓS 2 ETAPAS
MIRIM (SUB16)
1 Lucas Vicente/SC – 1.900
2 Leonardo Barcelos/SC – 1.810
3 Daniel Templar/RJ – 1.556
4 Eduardo Motta/SP – 1.458

FEMININA (SUB16)
1 Anne dos Santos/RJ (Austrália) – 1.810
1 Maju Freitas/RJ – 1.810
2 Carol Bonelli/RJ – 1.800
4 Rafaela Coelho/SC – 1.312

INICIANTE (SUB14)
1 Leo Casal/SC – 2.000
2 Cauã Costa/CE – 1.800
3 Luiz Mendes/SC – 1.466
4 Rodrigo Saldanha/SP – 1.260

GROMMET (SUB12)
1 Roberto Alves/SP – 1.900
2 Gabriel de Souza/SP – 1.556
3 Murillo Coura/SP – 1.385
4 Daniel Duarte/SP – 1.197

Com informações de FMA Notícias

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!