Mike Stewart Pipeline Invitational começa com boas ondas no Havaí

O aéreo do australiano Shayden Schorader. Foto Divulgação/Science Bodyboards

O Mike Stewart Pipeline Invitational 2017 começou neste sábado (26) em Pipeline, com ondas de 6 a 10 pés. “Amanheceu com belas condições aqui no Pipeline e Backdoor“, disse o organizador do Tour, Norm Skorge. “As condições deram chances para todos os competidores mostrarem seus talentos“, completou.

Ondas de 6 a 10 pés na abertura do Mike Stewart Pipeline Invitational. Foto Divulgação/Science Bodyboarding

O primeiro dia contou com baterias dos Rounds 1, 2 3, que tiveram a participação dos 16 melhores bodyboarders no Havaí, outros 26 da Associação Profissional de Bodyboarder (APB) e vários convidados, todos na briga pelo prêmio de US$ 16 mil. O australiano Shayden Schrader foi um dos destaques do dia, com a melhor apresentação do dia, que valeu 9.93 dos juízes.

Além dele, Laury Grenier, de Ilhas Reunião, e os havaianos Pohaku Kekaualua e Petrovic mostraram sua familiaridade com o Pipeline e competirão no segundo dia. Com grandes condições e ventos fracos, é provável que o evento seja retomado a partir das 8h, horário local, 16h, horário de Brasília.

Foto Divulgação/Science Bodyboarding

Após a reunião para decidir a chamada, os oficiais da competição decidirão se prosseguem com o evento masculino, ou executam as fases de outras divisões, como Feminino, Junior e o Dropknee. Se for confirmado o masculino, o segundo dia terá nomes em ação como o francês Pierre-Louis Costes, o brasileiro Guilherme Tamega, os havaianos Jeff e Dave Hubbard, a brasileira Karla Costa, entre outros.

Mais informações acesse página do Facebook da Freesurf Magazine

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!