Australiano vence Volcom Pipe Pro e lidera divisão de acesso à elite

Australiano Soly Bailey venceu o Volcom Pipe Pro. Foto Tony Heff/WSL

O australiano Soli Bailey, 21 anos, conquistou o título do Volcom Pipe Pro na madrugada desta sexta-feira (horário de Brasília) e assumiu a liderança do World Qualifying Series com os 3000 pontos oferecidos ao campeão. Surpresa na final, Bailey bateu o campeão mundial 2015 Adriano de Souza (segundo colocado), o havaiano Bruce Irons e o americano Griffin Colapinto.

O último dia do evento, as famosas ondas de Pipeline pouco apareceram e os surfistas tiveram trabalho para fazer a melhor leitura de Backdoor, a direita do pico havaiano. Bailey levou a melhor após 30 minutos. “Esta definitivamente a é maior vitória da minha carreira“, disse Soli, que ficou perto de entrar para a elite e agora começa a temporada com o pé direito.

Soly Bailey, ainda pelo Round 3. Foto Keoki Saguibo/WSL

O Volcom Pipe Pro só tem quatro vencedores em oito anos de história: Jamie O’Brien (2010), John John Florence (2011, 2012, 2013 e 2015) e Kelly Slater (2014 e 2016) e agora Bailey em 2017. Para espanto da multidão na praia, John John Florence foi para casa mais cedo após ser derrotado por Bailey e Colapinto na primeira semifinal.

Adriano de Souza foi um dos destaques do dia e caiu cinco vezes na água no último dia de competição. Na melhor apresentação, o brasileiro arrancou 9 dos juízes após um tubo perfeito para Backdoor. “Foi praticamente a minha melhor onda do inverno“, disse ele. “Sinto-me abençoado, como se tivesse ganhado algo realmente especial. Esta onda é tão desafiadora, é tão difícil conseguir uma boa onda lá fora e esperei três meses por essa onda“, contou.

Soly Bailey na final. Foto Tony Heff/WSL

Quem fez bonito também foi o paulista David do Carmo, eliminado nas semifinais. Já o havaiano Seth Moniz recebeu o prêmio Todd Chesser pelo desempenho durante todo o evento. O troféu é distribuído todos os anos para homenagear o big rider do North Shore que faleceu em 1997 durante uma sessão de surfe em um outreef havaiano.

Resultado do Volcom Pipe Pro 2017
1º Soli Bailey (AUS)
2º Adriano de Souza (BRA)
3º Griffin Colapinto (EUA)
4º Bruce Irons (HAV)
5º David do Carmo (BRA)
5º Leandro Usuna (ARG)
7º Aritz Aranburu (ESP)
7º John John Florence (HAV)
9º Lucas Silveira (BRA)
9º Mitch Coleborn (AUS)
9º Hank Gaskell (HAV)
9º Luke Sherpadson (HAV)
13º Koa Smith (HAV)
13º Makai McNamara (HAV)
13º Seth Moniz (HAV)
13º Brian Toth (PRI)
17º Yago Dora (BRA)
25º Jerônimo Vargas (BRA)
25º Wiggolly Dantas (BRA)
25º Marco Giorgi (URU)

Ranking do WQS 2017
1º Soli Bailey (AUS) 3.000
2º Adriano de Souza (BRA) 2.250
3º Cam Richards (EUA) 2.145
4º Peterson Crisanto (BRA) 1.895
5º Griffin Colapinto (EUA) 1.880
6º Bruce Irons (HAV) 1.700
7º Ty Watson (AUS) 1.530
8º Kalani Ball (AUS) 1.500
9º Jack Robinson (AUS) 1.330
10º Timothee Bisso (GLP) 1.320

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!