CBVela e Marina Glória fecham parceria e campeãs olímpicas são homenageadas

Kahena Kunze e Martine Grael receberam homenagem. Foto Divulgação/CBVela

Kahena Kunze e Martine Grael receberam homenagem. Foto Divulgação/CBVela

Em um marco histórico para o esporte brasileiro, a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) e a BR Marinas assinaram, nesta quinta-feira, dia 15, um convênio que oficializa a Marina da Glória como nova casa da vela no país. A parceria terá 10 anos de duração e representa uma conquista sem precedentes para a modalidade. A sede das regatas olímpicas dos Jogos Rio 2016 – um espaço aberto à visitação pública desde o fim das Olimpíadas e integrado ao Parque do Flamengo – passa a ser a principal base de infraestrutura e treinamento para os velejadores brasileiros.

Para a Confederação, é a conquista mais importante da história da vela no Brasil. É um legado dos Jogos Rio 2016. A partir de hoje, passamos a contar com estrutura própria para investir no desenvolvimento da modalidade. Pela primeira vez, teremos uma base com saída para o mar. Assim, teremos condições de oferecer um suporte ainda melhor aos atletas de alto rendimento. E, na outra ponta, vamos promover atividades náuticas na Marina, voltadas também para a Vela Jovem, para garantir o futuro do esporte”, afirmou o presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro.

Esse convênio vai ao encontro da vocação e dos propósitos da Marina da Glória, que é fazer do local uma referência das atividades náuticas no país, de forma a projetar a prática esportiva nacional e internacionalmente. A Marina reúne todas as qualidades para isso: naturais, de infraestrutura e sentimentais. Nas Olimpíadas, vivemos aqui emoções sem precedentes. E que venham muitas outras”, disse Gabriela Lobato, presidente da Marina da Glória.

A cerimônia de assinatura do convênio foi marcada por uma homenagem especial à dupla campeã olímpica da classe 49er FX. Martine Grael e Kahena Kunze voltaram à Marina da Glória, mesmo local de onde saíram com a medalha de ouro no mês de agosto, para reviver um pouco daquela emoção com uma exposição de fotos e vídeo. As duas autografaram o colete que foi usado por Kahena durante os Jogos Rio 2016 e que ficará na sede da CBVela como lembrança desse momento histórico, exposto à visitação da população do Rio de Janeiro e dos turistas que forem ao local.

Receber esta homenagem é uma honra para nós. Ganhamos a medalha de ouro aqui na Marina da Glória, que agora passa a ser a casa da vela brasileira. Esperamos que mais gente venha aqui para conhecer e praticar o nosso esporte”, disse Martine Grael.

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!