Ilhas Reunião registra novo ataque de tubarão a surfista

Atendimento na beira da praia antes da chegada de helicóptero. Foto Zinfos974

Atendimento na beira da praia antes da chegada de helicóptero. Foto Zinfos974

Depois de ter banido o surfe e voltado a autorizar a prática em locais protegidos por redes de surfe, a comunidade de Ilhas Reunião ficou chocada na segunda-feira, quando Laurent Chadard, 21 anos, foi atacado por um tubarão em uma praia de Bucan-Canot. O tubarão teria atravessado as redes de proteção e atacou a vítima que sofru corte no beraço esquerdo e pé direito.

Encaminhado para um hospital de Saint-Denis, Laurent Chadard teve que sofrer uma dupla amputação diante da gravidade dos ferimentos provocados pelo ataque do tubarão. Diante da fatalidade, passeios de barco e natação foram oficialmente proibidos depois que as autoridades fizeram uma inspeção na barreira e perceberam que havia um problema. As autoridades locais também anunciaram que estão considerando autorizar a pesca do tubarão nas águas locais.

HISTÓRICO TERRÍVEL

Esse é o primeiro ataque registrado nas ilhas em 2016. Em 2015, 47 tubarões foram capturados na Ilha Reunião. Atualmente, a região é responsável por 13% dos ataques fatais no mundo. Só entre 2011 e 2015, 18 pessoas foram atacadas e sete delas morreram.

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!