Pampa Barrels: confira os vencedores da edição 2015 – Vídeo

Peterson Marchese é bicampeão do Pampa Barrels, concurso interativo no RS.

Peterson Marchese é bicampeão do Pampa Barrels, concurso interativo no RS.

Saiu o vídeo oficial de divulgação dos grandes campeões do De Lucca Pampa Barrels 2015, a disputa interativa que se consolida como importante arma de valorização do surfe gaúcho. Durante todo o ano de 2015, surfistas e cinegrafistas gaúchos empenharam-se em registrar o melhor tubo surfado no litoral gaúcho, além da melhor manobra Sub-16 e SUP. E como os freesurfers gaúchos costumam arrepiar mundo a fora, a categoria de melhor tubo surfado por um gaúcho ao redor do mundo foi a cereja do bolo.

A disputa interativa foi julgada por um seleto grupo de surfistas, cinegrafistas e jornalistas de todo país, como Ader Oliveira, Alceu Toledo Junior, Aldemir Calunga, Alexandre “Xandão” Almeida, Alexandre Klein, Caio Guedes, Carlos “Tuca” Gianotti, Gerson Lumertz, Igor Lumertz, Marcos Monteiro e Pedro Felizardo.

RESULTADOS

Na categoria Tassinari Surfboards Melhor Tubo no RS, que premiou com R$1 mil o surfista e R$1 mil, o cinegrafista, a disputa foi acirradíssima, com os atletas Cristiano Cardoso e Vini Paiva alternando a ponta a cada nova avaliação que chegava. No final das contas o surfista local de Torres, Cristiano Cardoso, com um tubão surfado no Meio do Rio Mampituba e média final de 7,58, foi o grande vencedor junto com o cinegrafista Rodrigo Barrufi. Eles deixaram para trás, respectivamente, Vini Paiva (7,42), Rodrido “Pedra” Dornelles (6,97), Tiago Braga (6,82), Josias Pedrinha (6,22) e José Luis Mello (6,20).

Já na categoria Faith Co. Best Tube Around The World, que também premiou com R$1 mil surfista e cinegrafista, tivemos um bicampeão. O local da praia de Tramandaí Peterson Marchese confirmou a fama de ser um dos melhores tube riders do país e faturou a disputa com média final de 9,05 com um tubaço surfado no Grower, uma das bancadas mais perigosas e perfeitas da Indonésia, registrado pela Those Of Days Films. Destaque também para o “maestro” Cristiano “Grão” Bins, que surfou um dos tubos mais lindos do ano em Puerto Escondido obtendo a média final de 8,80. Respectivamente, abaixo do Peterson e do Cristiano, ficaram Nelson Pinto (8,19), Thiago Rausch (8,17), Flávio Pires (7,90) e Felipe Oliveira (7,88).

Na categoria de fomento da nova geração gaúcha, a ASPOA Melhor Manobra Sub-16, premiou o surfista e cinegrafista com R$500 + Kit De Lucca cada, Infelizmente foram apenas quatro inscritos, reflexo das últimas gestões do surfe no Rio Grande do Sul. Confirmando seu favoritismo, Gustavo Borges foi o campeão com um layback registrado por seu pai, Romulo Costa, na Praia de Tramandaí. A manobra teve 7,23 como média final, e superou o local do píer de Tramandaí, Lucas Machado (5,98), além dos grommets Kaíque Garcia (4,88) e Pedro Sturza (4,37), que desempenharam muito bem concorrendo com os mais velhos.

Já a categoria Get Sup Melhor Manobra Sup, que também pagou R$1 mil para o surfista e cinegrafista vencedores, teve a participação de quatro dos melhores atletas da modalidade no país. Confirmando a ótima fase, Jeferson Comaru foi o campeão com uma batida casca-grossa avaliada em 7,16, registrada na Praia de Atlântida pelo cinegrafista Jeferson Big, seguido de perto por Junior “Caju” Lisboa (6,70), Luis Saraiva (5,49) e Fabiano Tissot (5,17).

Agradecemos especialmente aos amigos, Cristiano Bins, Jairo e Igor Lumertz, Jeferson Big, Nezilmo Holmos Pereira, Pedro Manga, Rodrigo Dornelles e Tuca Gianotti pela colaboração e inspiração ao nosso projeto!“, diz o organizador Thiago Rausch.

O Pampa Barrels 2015 contou com a apresentação da De Lucca Surf Skate, os patrocínios da Faith Company, Tassinari Surfboards, Get Sup e ASPOA, além dos apoios da Nutrimate, Proibt Wave, Shapers, Surfeeling Skateboards, Ferga, Pico da Tribo, Padaria Qdoce, O Polvo, Ciao Viagens e Kaléu Wildner Films.

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!