Kelly Slater quebra jejum de vitórias com título do Volcom Pipe Pro

Kelly Slater ainda tem sede de vitórias. Foto Frame Reprodução

Kelly Slater ainda tem sede de vitórias. Foto Frame Reprodução

O americano Kelly Slater, 43 anos, conquistou o título do Volcom Pipe Pro 2016, nesta terça-feira, em Pipeline, no Havaí, e pôs fim a um jejum de vitórias de dois anos. O último título do 11 vezes campeão do mundo havia sido conquistado no mesmo evento em 2014. Na final do evento do World Qualifying Series (WQS) com status 3000, em ondas de 8 a 12 pés, Slater superou três havaianos: Jamie O’Brien, Makay McNamara e Bruce Irons.

Estou amarradão, ja fazia um tempo … Vamos ao drinks, como dizem na Austrália”, disse Slater, rindo. “Já faz dois anos que não vencia um evento e foi um presente. Eu me sinto bem, é ótima maneira de começar o ano, e tudo fluiu … Tem ondas grandes, tinha alguns tubos legais, alguns highscores… que dia!” declarou Slater.

A final do evento reuniu três dos maiores surfistas em Pipeline – Slater, Irons e O’Brien – e uma surpresa, Makay Mcnamara, filho de Liam McNamara e um dos responsáveis pela eliminação do favorito John John Florence, nas quartas de final. Empolgado com a nota 10 na única onda surfada na semifinal e que foi suficiente para classificá-lo para a final, Makay tomou a iniciativa e conseguiu um bom tubo para sair na frente com 8.67.

Kelly Slater brilhou na final. Foto Brian Bielmann

Kelly Slater brilhou na final. Foto Brian Bielmann

Kelly Slater achou outra boa onda no início da bateria e com um tubo profundo levou 8,73 e só não liderou porque o jovem havaiano se revelava atirado e somava uma nota mínima (0.23) após um wipeout sinistro. O americano estava a fim de voltar ao topo do pódio e surfou outro bom tubo para Pipe e abriu vantagem no placar. Com poucas ondas abrindo, os últimos minutos viraram loteria. Jamie O’Brien tentou reagir com uma onda não muito grande para Pipe e em seguida conseguiu um bom tubo para Backdoor para somar duas notas médias e assumir a segunda colocação.

Bruce Irons não se achou nas ondas e Slater ficou a vontade para tentar mais dois tubos. No primeiro, foi derrubado pela forte baforada. Na segunda, depois do drop pesado, beliscou a parede com uma paulada e ainda tentou um chapéu mas foi arremessado pelo backwash vindo do canal. Nos últimos segundos, Makay tentou outra onda e protagonizou mais um wipeout pesado para delírio do público na areia. Autor de uma nota 10 nas quartas de final, Jamie O’Brien teve que se contentar com o prêmio Eletric Perfect 10. Quarto colocado, Bruce Irons ganhou o prêmio Todd Chesser, em homenagem ao big rider falecido, enquanto Makay McNamara disse que jamais esqueceria do evento.

Bruce Irons recebeu o Todd Chesser Award das mãos da mãe do surfista, Jeannie. Foto Brian Bielmann

Bruce Irons recebeu o Todd Chesser Award das mãos da mãe do surfista, Jeannie. Foto Brian Bielmann

Vale destacar ainda a ótima atuação de Marco Giorgi, uruguaio radicado em Garopaba que só foi barrado nas semifinais e finalizou o Volcom Pipe Pro na quinta colocação. Os melhores brasileiros na etapa do WQS em Pipe foram o pernambucano Ian Gouveia e o paulista Wiggolly Dantas, ambos em 17º lugar.

Pelo Round 4, na bateria vencida por John John Florence com 18 pontos, Ian conseguiu um belo tubo no final da bateria e levou 9.50, mas ficou precisando de uma segunda boa nota. Já o top brasileiro avançava para as quartas de final na segunda colocação da sua bateria mas foi surpreendido nos minutos finais por uma onda surfada pelo havaiano Mason Ho, que saltou da terceira para a primeira posição da bateria. O baiano Bino Lopes e o carioca Lucas Silveira, outros brasileiros que caíram na água nesta terça-feira, finalizaram o Volcom Pipe Pro em 49º lugar. Mais informações acesse www.volcompipepro.com .

Wiggolly Dantas. Foto Brian Bielmann

Wiggolly Dantas. Foto Brian Bielmann

Ian Gouveia. Foto Brian Bielmann

Ian Gouveia. Foto Brian Bielmann

RESULTADOS DE TERÇA-FEIRA DO VOLCOM PIPE PRO
FINAL
1º Kelly Slater EUA (7.83 + 8.73) 16.56 – 3 mil pts e US$ 16 mil CAMPEÃO
2º Jamie O’ Brien HAV (4.27 + 5.67) 9.94 – 2.250 pts e US$ 10 mil VICE-CAMPEÃO
3º Makay McNamara HAV (8.67+ 0.23) 8.90 – 1680 pts e US$ 4.750
4º Bruce Irons HAV (2.90 + 3.83) 6.73 – 1.580 pts e US$ 4.250

SEMIFINAL (3º= 5º lugar, 1260 pts, U$2,600/4º = 7º lugar, 1180 pts, U$2,400)
H1- 1º Kelly Slater EUA 17.14 2º Bruce Irons HAV 13.00 3º Marco Giorgi URY 11.10 4º Joan Duru FRA 5.80
H2 – 1º Jamie O’Brien HAV 10.34 2º Makai McNamara HAV 10.00 3º Tom Whitaker AUS 9.36 4º Dusty Payne HAV 6.17

Makay McNamara. Foto Brian Bielmann

Makay McNamara. Foto Brian Bielmann

Bruce Irons. Foto Brian Bielmann

Bruce Irons. Foto Brian Bielmann

QUARTAS DE FINAL (9º lugar, 900 pts, U$1,750/4º = 13º lugar, 840 pts, U$1,500)
H1- 1º Bruce Irons HAW 14.67 2º Marco Giorgi URY 10.40 3º Jack Robinson AUS 8.80 4º Dimitri Ouvre BLM 6.53
H2- 1º Kelly Slater EUA 17.33 2º Joan Duru FRA 12.73 3º Chris Ward EUA 5.70 4º Torrey Meister HAV 3.96
H3- 1º Makai McNamara HAV 11.33 2º Dusty Payne HAV 11.14 3º John John Florence HAV 9.10 4º Eala Stewart HAV 6.17
H4- 1º Jamie O’Brien HAV 12.60 2º Tom Whitaker AUS 12.57 3º Mason Ho HAV 10.66 4º Soli Bailey AUS 9.97

Jamie O'Brien. Foto Brian Bielmann

Jamie O’Brien. Foto Brian Bielmann

Wipeout sinistro de Makay McNamara na final. Foto Brian Bielmann

Wipeout sinistro de Makay McNamara na final. Foto Brian Bielmann

ROUND 4 (3º=17 lugar, 600 pts, U$1,250/4º=25 lugar, 555 pts, U$1 mil)
H1- 1º Marco Giorgi URY 16.67 2º Joan Duru FRA 13.27 3º Koa Smith HAV 8.94 4º Griffin Colapinto EUA 5.23
H2- 1º Bruce IronsHAV 15.44 2º Torrey Meister HAV 13.33 3º Brent Dorrington AUS 11.93
4º Kiron Jabour HAV 8.14
H3- 1º Kelly Slater EUA 11.23 2º Jack RobinsonAUS 11.04 3º Ezekiel LauHAW 10.50 4º Takayuki Wakita HAV 2.03
H4- 1º Chris Ward EUA 12.74 2º Dimitri Ouvre BLM 11.60 3º Sebastian Zietz HAV 9.17 4º Nathan Yeomans EUA 7.80
H5- 1º John John Florence HAV 18.50 2º Soli Bailey AUS 13.90 3º Ian Gouveia BRA 11.07
4º Aritz Aranburu ESP 7.60
H6- 1º Eala Stewart HAV 11.50 2º Tom Whitaker AUS 5.63 3º Nic Von Rupp POR 3.24 4º Shun Murakami JAP 0.87
H7 – 1º Jamie O’Brien HAV 14.67 * 2º Dusty Payne HAV 9.60 3º Mitch Coleborn AUS 7.84 4º Tanner Hendrickson HAV 2.77
H8- 1º Mason Ho HAV 13.67 2º Makai McNamara HAV 11.10 3º Wiggolly Dantas 7.60 4º Billy Kemper HAV 4.87

ROUND 3
H14 – 1º Mitch Coleborn AUS 10.66 2º Billy Kemper HAV 7.27 3º Olamana Eleogram HAV 3.36 4º Bino Lopes BRA 1.70
H15- 1º Mason Ho HAV 8.97 2º Tanner Hendrickson HAV 2.74 3º Noe Mar McGonagle CRI 1.80 4º Cory Arrambide EUA 1.60
H16- 1º Wiggolly Dantas BRA 9.30 2º Jamie O’Brien HAV 8.60 3º Keoni Yan HAV 6.57 4º Lucas Silveira BRA 3.50

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!