World Surf League: duas baixas antes do início da temporada 2016

Owen Wright e a namorada nas férias forçadas. Reprodução Instagram Owen Wright

Owen Wright e a namorada nas férias forçadas. Reprodução Instagram Owen Wright

A temporada da World Surf League mal terminou e já pode contar com as baixas dos australianos Bede Durbidge e Owen Wright no primeiro semestre de 2016. Ambos sofreram lesões graves durante a janela de realização do Billabong Pipe Masters no início de dezembro, em Pipeline, no Havaí. As informações deverão ser confirmadas pela World Surf League (WSL) nos próximos dias. De acordo com fontes ouvidas pela publicação australiana Surfing Life, Wright e Durbidge precisam de no mínimo seis meses de recuperação.

Wright sofreu uma concussão cerebral ao bater a cabeça no fundo de rochas vulcânicas de Pipeline durante uma sessão de free surf, na véspera do reinício do Billabong Pipe Masters. O surfista dormiu na noite seguinte ao trauma e acordou na manhã seguinte desorientado, com forte dores, e foi encaminhado ao hospital, onde acabou vetado pelos médicos e ficou de fora da briga pelo título mundial.

A situação do quinto melhor surfista do mundo em 2015 é tão delicada que ele foi impedido de deixar o Havaí nas semanas seguintes ao Pipe Masters porque um voo poderia colocá-lo em risco. Já ao lado da namorada em algum lugar paradisíaco do planeta, Owen postou uma foto com a hashtag #concussedvacay, numa referência as férias forçadas pela lesão. Aparentemente são seis meses, mas não se surpreenda se o australiano ficar fora de toda a temporada.

Bede Durbidge em tratamento com o fisioterapeuta Chris Presseur. Foto Reprodução Instagram Bede Durbo

Bede Durbidge em tratamento com o fisioterapeuta Chris Prosser. Foto Reprodução Instagram Bede Durbo

A baixa de Bede Durbidge já era esperada e o próprio australiano ainda não sabe se poderá voltar nesta temporada. O surfista número 12 da temporada 2015 quebrou a bacia em dois lugares após um wipeout sinistro durante o Round 4 do evento. “2016 será definitivamente um ano difícil para mim, mas estou confiante. Tenho sorte de estar cercado por boas pessoas como (o fisioterapeuta) Chris Prosser, que já está me ajudando a exercitar músculos diferentes para ajudar a minha recuperação“, declarou Bede em sua conta no Instagram.

A dupla deverá ser substituída pelos australianos Stuart Kennedy (primeiro alternate e 12º na divisão de acesso em 2015) e Adam Melling (número 23 da temporada 2015).

Olá, você está curtindo o blog? Deixe o seu comentário!